Verdadeiro espírito de Caridade e Justiça

Verdadeiro espírito de Caridade e Justiça

Paiva Netto

“… e da parte de Jesus Cristo, a fiel testemunha, o primogênito dos mortos, e o soberano dos reis da Terra. Àquele que nos ama, e pelo Seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o Seu Deus e Pai, a Ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém.”

(Apocalipse, 1:5 e 6)

Dizer que Jesus nos libertou dos nossos pecados significa asseverar também que o Divino Mestre nos deixou um roteiro doutrinário excelente para nossa vitória. Ao seguirmos esse Sagrado Estatuto com verdadeiro espírito de Caridade Evangélica e de Justiça Divina, nos transformaremos no esteio de nossos semelhantes na Terra. Porquanto não há pecado maior do que a ausência de Amor solidário para com os cidadãos (ou cidadãs) de cada país.

No livro Nahjul Bhalagah, o Imam Ali ibn Abi Talib (aprox. 600-661), primo e genro do Profeta Muhammad (570-632) — “Que a Paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele” —, político, militar e principal conselheiro espiritual dos califas nomeados após a morte do Profeta, afirma: “A caridade é uma cura eficiente; as ações das pessoas na vida presente estarão diante de seus olhos na outra vida”.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*