Projeto Socioambiental é desenvolvido no Pré Escolar Lago Azul

Projeto Socioambiental é desenvolvido no Pré Escolar Lago Azul

Com a intenção de despertar a consciência das crianças, que são o futuro da sociedade, sobre a preservação do meio ambiente, fazendo com que elas cresçam com ações mais sustentáveis e preocupadas com o meio em que vivem, o Pré Escolar Lago Azul, localizado na comunidade Costa da Lagoa, realizou a concretização de um lindo projeto socioambiental. O evento ocorreu no fim do primeiro semestre desse ano letivo, numa parceria entre comunidade escolar e empresas privadas.
Assim sendo, o tal projeto executado pela construtora PROELT, o qual foi idealizado pela pelo Consórcio Energia Catarina, através da engenheira ambiental Flávia Regina Pereira Rodrigues, da supervisão ambiental das obras da Linha de Transmissão LD 69kV Tubarão – Sangão, da Celesc Distribuição S.A.
No contexto de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental, a construtora PROELT recuperou caixas de madeira usadas no armazenamento e transporte de materiais da obra, que antes eram encaminhadas para queima em indústrias e olarias da região, e transformou resíduo em material de uso, o qual foi doado ao Pré Escolar Lago Azul, que utilizará as caixas para o armazenamento de roupas de cama e brinquedos das crianças, entre outras funções.
Com o propósito de uma maior interação entre escola, família e sociedade, a Equipe Escolar abordou o tema ambiental, evidenciando a importância de se preocupar com o planeta, pensando sempre em desenvolver um futuro sustentável, realizou de maneira concreta, envolvendo a participação da comunidade escolar, num esforço conjunto de mudanças, com habilidades e atitudes voltadas ao aproveitamento dos espaços físicos na produção de flores e plantas em caixas suspensas, desenvolvendo uma pequena horta e jardim, buscando dessa maneira, contribuir para a formação do aluno como um todo.
Para Pedro César Coelho, pedreiro da construtora PROELT, cada dia dedicado na confecção das caixas comprovou que todo esforço valeu a pena, não imaginava que o projeto fosse me deixar tão feliz. Na entrega das caixas pude ver as crianças plantando flores, observando e ajudando os colegas, foi muito legal.
Segundo Thiago dos Santos, também pedreiro da construtora PROELT, achei muito importante a união das empresas para a realização desse projeto socioambiental, gostaria que todas as empresas fizessem o mesmo, que não fizessem projetos só por fazer, mas sim projetos que causassem grandes impactos a todos.
“A Celesc sempre seguiu as normas ambientais, tanto para fornecimento de material licenciado quanto para destinação de resíduos para locais devidamente licenciados e certificados, porém neste novo contrato da LT Tubarão – Sangão com financiamento BID além de seguir as normas ambientais foi dado início as ações socioambientais, a conscientização dos colaboradores com relação aos resíduos gerados na obra, a reutilização dos mesmos, a destinação correta dos que não serão reutilizados.
As ações socioambientais partiram da fiscalização BID, um exemplo são as caixas de madeira que chegaram na obra como embalagens das eletro ferragens e sempre eram descartadas para queima em olarias, partiu da fiscalização a ideia de fazer baús com estas caixas para doação a uma escola próxima a obra, a proposta foi apresentada a PROELT que gostou da ideia, disponibilizou algum recurso para aquisição das tintas e mão de obra para pintura e preparação das caixas que foram lixadas, pintadas, em algumas foram feitas tampas para serem utilizadas como baús para guardar brinquedos, outras foram fixadas cordas para que possam ser penduradas e utilizadas como hortas verticais. Com boa vontade estas ações se tornam fáceis.
Todo este trabalho faz com que os colaboradores vejam com outros olhos os materiais de descarte, enxerguem utilidade e reaproveitem algo que antes apenas era “jogado fora”, comecem a ter consciência da necessidade de reaproveitamento.
Todas estas ações são simples e fáceis de implantar, porem querer persistência e renovação, precisa ser um trabalho continuo pois como em todas as obras de construção civil a rotatividade de colaboradores é grande, sendo assim todos precisam ser atualizados e conscientizados”, relatou Rafael Baumann, engenheiro civil da construtora PROELT.
Essas ações são muito importante para nossas obras, pois queremos deixar, além das obras, boas lembranças, boas ações, bons relacionamentos com a comunidade. Essas ações sempre serão bem vindas em nossas obras e sempre terão nosso apoio, frisou Tiago Vieira, funcionário da Celesc Distribuição S.A.
Um projeto que na sua concepção já seria importante, acabou se tornando ainda mais especial dada a criatividade e integração de toda a equipe em prol da conclusão da tarefa. Um ciclo ainda maior sobre os aspectos de sustentabilidade aplicada na prática, que vai muito além da responsabilidade socioambiental, unindo num mesmo propósito, trabalhadores da obra e professores, que através da ação, poderão trabalhar em sala de aula conceitos ambientais importantes para a formação de cidadãos responsáveis e comprometidos com o meio ambiente e com a sociedade como um todo.
A engenheira e idealizadora desse projeto, Flávia Regina Pereira Rodrigues, sempre deixou muito claro o seu objetivo, que era além de uma entrega de caixas e baús feitos por materiais reaproveitáveis. Para ela esse projeto foi realizado de uma maneira produtiva, onde não foi feito apenas um reaproveito de materiais para uma doação qualquer. Mas foi algo transformador, desde o esboço em um simples papel até a efetivação do projeto. O trabalho em equipe, a colaboração de todos os envolvidos, principalmente aos colegas que se dedicaram no feitio das caixas, que proporcionaram a mão de obra, dentre eles o Pedro e Thiago.
“O projeto buscou estimular o entendimento e envolvimento dos trabalhadores na problemática da geração de resíduos, estimulando o aprendizado de forma dinâmica e saudável. A ideia básica é a de promover, por meio da atividade em grupo, a responsabilidade de cada um no processo de redução e reaproveitamento dos resíduos que podem, em muitos casos, se transformar em algo útil para a sociedade, como foram as caixas e baús. Tivemos alto nível de engajamento e o pessoal foi introduzindo as ideias novas à proposta, como a substituição das dobradiças comuns por restos de cordas para as tampas dos baús e a elaboração, de forma artesanal, do letreiro identificação das caixas”, conta Flávia, a supervisora ambiental da obra e idealizadora do projeto socioambiental.
A engenheira também falou em deixar um legado, onde todos que participaram ou não, de alguma forma terão a oportunidade de conhecer ou escutar falar sobre o belo trabalho realizado. De fato, a realidade da vida não é medida pelas palavras ditas, mas sim pelo legado que deixamos em nossa caminhada.
Para Karine de Bem, professora do Pré Escolar Lago Azul, projetos que começam nas escolas e são seguidos também dentro das casas, com o apoio dos pais e da família, as crianças crescem com essas ações enraizadas em si, contribuindo para que a mudança para o melhor seja contínua e significativa. O fator mais interessante de todos esses projetos e campanhas é que eles mostram para os cidadãos que através de pequenos gestos, pode-se fazer a diferença no mundo em que se vive.
A escola agradece a parceria estabelecida pela construtora PROELT e a Celesc Distribuição S.A. e parabeniza todos os proprietários e funcionários das empresas e em especial a idealizadora, Flávia, desse projeto maravilhoso que tivemos imenso prazer e satisfação de participar e sermos escolhidos para receber essa doação. Obrigada por promover esse rico aprendizado aos nossos alunos.
Quero registrar a gratidão por todas as pessoas que depositaram carinho e amor nessa concretização do projeto e reconhecer o mérito de todo um trabalho em equipe. As merendeiras Vera e Naide que são peças fundamentais em nossa escola. Que se dedicaram com muito carinho desde o início, e também muito capricho na produção das lembrancinhas e do café delicioso que foi servido a todos que se fizeram presente.
A Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Jeanine Ferreira dos Anjos, por acreditar no nosso trabalho, e que prontamente nos ajudou no que foi preciso, com muito carinho e reconhecimento. Onde na ocasião estava presente, juntamente a Jucelma Tomé Espindola e Luciana Carara.
Grata ao Grupo Portal Jaguaruna, pelos belíssimos registros desse evento, e por estar sempre à disposição das escolas do município, levando a todos as melhores informações.
Por mais projetos assim, nossa escola sempre estará de portas abertas. É muito bom saber que temos o carinho e o reconhecimento da comunidade através do apoio a todos os eventos e atividades desenvolvidas.
Atenciosamente

Pré Escolar Lago Azul

One Comment

  1. Jaqueline Lucio

    Td lindo excelente trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*