A pandemia nos fez mais solidários?

A pandemia nos fez mais solidários?

Estamos com uma sugestão de artigo que aborda as conquistas e, principalmente, os desafios das instituições filantrópicas durante a pandemia. Ao longo dos últimos meses, muitas pessoas se mostraram abertas a olhar para o próximo e despertaram para as necessidades das engrenagens que fazem um sistema de saúde público funcionar. Desde a chegada do coronavírus, empresas, ONGs e a sociedade civil doaram cerca de R$ 7 bilhões para causas ligadas à covid-19, de acordo com dados do Monitor de Doações da Associação Brasileira de Captadores de Recursos. Mas o volume de doações não acompanhou o avanço da doença no Brasil e os movimentos sociais lutam para colocar mais elos na corrente solidária formada ainda em 2020. Da gripe espanhola à covid-19, as ações filantrópicas tiveram papel importante na promoção da saúde e continuarão a ter.

O artigo é assinado por Carolina Piva, gerente de Marketing e Mobilização de Recursos da Saúde do Grupo Marista, que atua junto ao Hospital Universitário Cajuru, que é 100% SUS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*