Colunista Portal: Letícia Silva, Combatendo com fé e amor pela vida..

Colunista Portal: Letícia Silva, Combatendo com fé e amor pela vida..

Hoje, 4 de fevereiro é celebrado o dia mundial do câncer. Esta data criada pela UICC ( União de controle do câncer internacional) tem o objetivo de conscientizar sobre prevenção, detecção e tratamento da doença que ainda é uma das principais causas de morte no mundo! Porém não vamos focar nesses números e milhares de casos que infelizmente não resistiram a doença, vamos trabalhar e lutar pela mudança dessas estatísticas, se informando e se prevenindo com as recomendações de seu médico de confiança, não custa fazer check up anualmente e adquirir hábitos saudáveis para prevenir o câncer ou detecta-lo no inicio. E ao se deparar com a doença enfrente, lute, mostre que você é maior que ela! Eu sei que cada caso, é um caso diferente, mas acredite o poder da nossa mente em conjunto com a fé e o amor pela vida é um remédio magico para esta e todas outras doenças e problemas que estiverem no nosso caminho. Vou acrescentar nesse texto um comentário que uma amiga fez sobre mim dia desses:  basicamente ela disse que eu nunca tratei o câncer com seriedade e foi isso que me fez passar por toda fase de tratamento de uma maneira mais leve! Eu concordo com ela. Claro que no momento de dores insuportáveis ficava difícil eu manter o bom humor e o pensamento positivo, como sempre falo sou um ser humano e sou falha em alguns momentos! A nossa vida não é movida só em alegrias e amor, infelizmente  temos que experimentar a raiva e a tristeza e consequentemente apresentar o nosso lado ruim para os outros ou para nós mesmos! Eu apresentei esse meu lado ruim e apresento ainda as vezes, até porque hoje eu apenas tenho mais facilidade de lidar com as dificuldades, mas não significa que eu não as tenha! Eu fui uma das milhares  pessoas que fizeram pecado e duvidaram da existência de Deus ao descobrir o câncer. Mas fui também aquela que soube a hora de dobrar os joelhos e pedir perdão por todas as baboseiras que disse no momento triste e confiar nele para lutar e vencer a batalha! Depois que isso aconteceu eu não precisei mais  tratar a doença com toda seriedade que ela por si só já carrega em seu próprio nome! Eu acreditava em Deus e na equipe médica que tinha a minha volta, acreditava no amor das pessoas que me cercavam e isso me ajudou muito! Tive algumas limitações médicas e as respeitei, mas não deixei de viver a minha vida por ser uma paciente oncológica, pelo contrário, quis vive-la intensamente, mas não porque eu tinha medo de morrer e sim porque eu queria viver e aproveitar! E ainda quero, não temos que esperar uma doença ou algo ruim para aprender a viver cada segundo da nossa preciosa vida! Não temos que viver a vida pensando no futuro, o futuro não existe, podemos sonhar com ele mas jamais deixar de aproveitar o presente pensando no futuro! Isso é clichê eu sei, mais é a mais pura verdade. Eu busquei formas de me sentir bem mesmo passando por um tratamento rigoroso, e hoje eu acredito mais ainda no pensamento de que o problema pode até existir, mas a maneira como você quer superá-lo depende totalmente de você! Então se mesmo fazendo tudo certinho para prevenir essa doença maldita, ela aparecer, por mais difícil que a situação seja sempre tem um caminho, basta crermos e acreditar no nosso potencial, usar a dor como um período de aprendizados que possam contribuir na nossa vida de alguma maneira para que sejamos pessoas melhores.

Fonte Colunista Portal: Letícia Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*