O Problema Somos Nós…Confira a Boa Leitura da Colunista Portal, Letícia Silva

O Problema Somos Nós…Confira a Boa Leitura da Colunista Portal, Letícia Silva

Venho tentando melhorar um lado que a maioria de nós temos, e às vezes não é nem por maldade, mas temos mania de julgar coisas e pessoas sem conhecer! E daí o mundo gira, e o universo esfrega na sua cara que o problema esta nos olhos e no jeito que nós interpretamos as coisas, ou seja o problema está em nós mesmos! Tem várias coisas que eu não gostava e hoje eu gosto, ou vice e versa! Exemplo: eu odiava sushi, nunca pensei que seria uma pessoa que comeria sushi com gosto, ainda chamava meus amigos de loucos por deixarem de ir em um rodizio de pizza para ir no sushi e hoje eu faço isso, na tentativa de não ser a chata dos “rolê” eu me sujeitei a experimentar e aprendi a gostar, como eu poderia não gostar de uma coisa que nunca tinha experimentado? Outro Exemplo de ser humano sem noção foi quando descobri que perderia meus cabelos em função do tratamento, eu fiquei muito transtornada, achei que aquilo era a pior coisa que poderia acontecer, sai em busca de uma peruca antes mesmo de ficar careca, desesperada, dizendo que não iria usar lenço, me olhar no espelho de lenço seria a pior imagem que eu poderia ver, seria a minha imagem me lembrando  todos os dias que eu estava doente! Quando meus cabelos começaram a cair eu estava internada no hospital, chamei a cabelereira  e lá mesmo ela colocou uma peruca em mim, eu já tinha pesquisado então ela já estava preparada pra quando eu precisasse! Sai do hospital de peruca sem encarar o espelho, mas achei que seria mais fácil do que me ver careca ou de lenço! Quando cheguei em casa e me vi, um sentimento estranho tomou conta de mim e eu desabei, eu não fiquei bem, aquele cabelo não era meu e eu não sei nem explicar a coisa ruim que eu estava sentindo, eu estava errada, ao invés de melhorar minha auto estima eu desmoronei! Chorava igual criança, até que vi um lenço que eu usava no pescoço no inverno pendurado e resolvi experimentar, ele era lindo, não sei da onde eu consegui fazer uma amarração nele que nunca tinha visto em lugar nenhum e pronto! Aquilo me acalmou de um jeito, parece que foi um alivio e percebi que daquele jeito seria mais fácil aceitar minha nova imagem, depois fui pra internet ver tutoriais de amarração e estilos de lenços, comprei vários de cores e estampas diferentes e hoje eu amo eles! Tanto que já estou cabeluda e estou com dificuldades de desapegar. Enfim nós somos realmente estranhos, isso acontece com pessoas também, tenho amigos que não “ia com a cara” e hoje eu os amo, então é nisso que eu venho tentando melhorar, não podemos falar mal ou julgar as coisas que não conhecemos. Outra coisa também que fazemos de errado é falar mal de pessoas que não fazem mais parte das nossas vidas, se elas estiveram por perto algum motivo bom teve e se saíram também, só que a gente esquece tudo que elas nos fizeram de bom e sai falando o que fizeram de ruim! ERRADO, nós mudamos com o tempo, evoluímos, e às vezes não sabemos lidar com essas diferenças e acabamos tomando caminhos diferentes, mais isso não nos da o direito de falar mal de pessoas que estiveram do nosso lado por algum motivo na vida.

Fonte Colunista Portal: Letícia Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*