Prejuízos da Enxurrada Que Atingiu Treze de Maio Passam de R$ 2 Milhões

Prejuízos da Enxurrada Que Atingiu Treze de Maio Passam de R$ 2 Milhões

Assim como outros municípios da região e veiculado em vários meios de comunicação, Treze de Maio foi afetado pelas fortes chuvas do dia 24 de maio, sendo que os prejuízos, depois de contabilizados, passam de R$ 2 milhões. Entre as avarias em pontes, pontilhões e drenagens, houve também perda de animais, grãos e outros produtos agrícolas.

De acordo com o prefeito em exercício, Agnaldo Carara, a equipe administrativa e os órgãos estaduais constituídos no município trabalharam de forma integrada e rápida para estimar aos danos e gerar os relatórios necessários. “Esse esforço garante a consistência dos dados e a amostra real do que foi a enxurrada no município, isso ajuda para que os relatórios enviados aos órgãos estaduais e federais possam ser atendidos”, ressaltou.

Na agropecuária, o Laudo emitido pela Epagri aponta uma perca de 80% na lavoura de feijão, que se encontrava em ponto de colheita, sendo que pelo menos 96 mil quilos foram perdidos. Na produção de soja, em torno de 100 toneladas também foram prejudicadas, bem como o decréscimo na produção de batata, que é cultivada em cerca de 150 hectares e que, devido às chuvas e ao fato de estarem recém germinadas, terá uma quebra de 40% , somando um prejuízo de R$ 883.800,00 no setor agrícola. Na pecuária, de acordo com a Cidasc, um aviário foi atingido, afogando as aves e deixando uma perda de R$ 320.000,00.

Mas o setor mais prejudicado foi o rodoviário, que devido à queda e estragos de pontes, pontilhões e drenagens, a municipalidade terá que investir aproximadamente R$ 936 mil para a reconstrução destes itens.

Pedindo o entendimento e a calma aos munícipes, Agnaldo explica que a administração está focando o trabalho nas áreas prioritárias, mas que em breve o município deve voltar à normalidade. “É uma situação que ninguém esperava, mas que afetou a todos, sendo que estamos trabalhando da melhor forma possível e de modo que os prejuízos sejam minimizados”, enfatizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMTM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*