A dor da Perda Escrita pela Colunista Portal Lise Persel

A dor da Perda Escrita pela Colunista Portal Lise Persel

A dor da perda:

Nunca pensamos em te perder pensamos que você era eterno. Mas você se foi e nos deixou. No dia em que partiste o desespero tomou conta, como se o mundo tivesse caído, á dor aumentava o
Pensamento não queria deixar acreditar. Mais o coração pulsava numa grande certeza de abandono e fraqueza. Diante de uma perda eterna nos sentimos fracos e sem forças para reagir, como se aquele momento não fosse real.

Olhos fechados:

Num dia nublado de céu acinzentado, pairava pelo ar cheiro de velas, ás flores trazidas por pessoas que ainda exalam esse ar, e que ainda podem sentir o gelo do vento em seu rosto. Neste lugar há pessoas que fecharam os olhos para sempre e não tem mais nada á se fazer. Só fica na saudades de quem ficou, como se a vida fosse injusta conosco. Há dor do amor dói mais que queimadura em seu rosto. Que um dia possamos nos encontrar em algum lugar.

Caixa de concreto:

Será que num lugar aonde existe caixas de concretos e corpos que se foram, são capazes de nos ouvir? São capazes de nos sentir aqui? São capazes de nos ver? Talvez de outras outras dimensões que não sabemos explicar. Se isso fosse possível, por quê? Nesse ambiente e diante dessas caixas de concretos nos sentimos desolados, e de coração partido. A dor é tanta que as lágrimas se calam. Nesse mundo estamos apenas de passagem.

One Comment

  1. Allan Porto Marques

    Brilhou!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*