Sangão: Não Esteja Por Trás Desse Crime

Sangão: Não Esteja Por Trás Desse Crime

“Neste período de estiagem o número de queimadas tendem a aumentar drasticamente. Este ano já registramos inúmeras denúncias de queimadas em nosso município” esclarece o Instituto de Meio Ambiente de Sangão – IMASA.

Os técnicos do Instituto lembram que além de problemas sérios como inalação da fumaça tóxica ocasionando graves doenças respiratórias na população o risco da queimada transformar-se em um incêndio com maiores proporções é quase certo nessas situações.

Assim o IMASA enfatiza “QUEIMADA É CRIME AMBIENTAL previsto na Lei 9.605/98 art. 54” e completam informando que “boa parte das queimadas ocorridas são de caráter intencional, seja ela cultural para limpeza de lotes e quintais, seja econômica para preparo de áreas para plantio, para corte de eucalipto ou para criação de animais de abate”.

A equipe do Instituto de Meio Ambiente lembra a todos que durante as fiscalizações na averiguação do crime emitem-se notificações de advertência por escrito e constatando-se o crime ambiental cometido aplica-se multa. Seus parceiros no combate aos incêndios são o Corpo de Bombeiro Voluntários de Jaguaruna e demais da região.

Para denúncias e informações  liguem (48) 36550287 ou e-mail: imasa@sangao.sc.gov.br ou vá até o Instituto de Meio Ambiente.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*